Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

NÍVEL DO MAR MORTO ESTÁ A DIMINUIR UM METRO POR ANO

Mäyjo, 23.01.15

Nível do Mar Morto está a diminuir um metro por ano

Há muito que o Mar Morto atrai anualmente milhares de visitantes que procuram beneficiar das suas propriedades medicinais e boiar nas águas extremamente salgadas. Porém, estes dias podem estar a chegar ao fim. As mais recentes investigações ao mar revelam que o nível das águas está a diminuir um metro por ano.

As primeiras medições feitas ao Mar Morto ocorreram em 1927 e desde então as famosas águas bíblicas têm vindo a diminuir. A monitorização do mar é feita pelo Geological Institute of Limnological Research de Israel, que estima que desde os anos 1950 o Mar Morto já diminuiu 40 metros.

Pensa-se que a diminuição do nível do mar seja causada pela menor entrada de água no mar, através do Rio Jordão, e a saída de uma maior quantidade. A saturação da água e da terra, bem como o desvio de águas, podem estar na causa da entrada de menor quantidade de água para o mar através do Jordão.

Os recursos hídricos da região sofrem bastante procura, abastecendo Israel, Líbano, Síria e Jordânia. A evidência da escassez de água na região manifesta-se em plantas secas, casas de barro rachado, rachas no solo e até mesmo um parque aquático abandonado, escreve o Daily Mail.

O Mar Morto, também conhecido como Mar do Sal, separa Israel da Jordânia. O seu nome deve-se à elevada concentração de sal, que é dez vezes superior à do oceano. Como tal, o mar não suporta quase nenhum tipo de vida, nomeadamente peixes e plantas. A superfície do mar está 429 metros abaixo do nível global do mar, o que torna o Mar Morto no ponto com a menor elevação em terra do planeta. Actualmente, o Mar Morto tem 997 metros de profundidade, o que o torna no lago híper-salgado mais profundo do planeta.

Foto:  janruss / Creative Commons